puma chaussure nike corte new balance femme nike flynit polo lacoste vetement chaussure sport adidas nmd Sac michael kors Sac longchamp Chaussure vans chaussure reebok nike air max nike shox adidas superstar Chaussure adidas nike free run femme chaussure de sport lunette ray ban Chaussure puma christian louboutin adidas zx flux chaussures de foot adidas femme Chaussure louboutin chaussure bateau Sac louis vuitton chaussure de foot polo ralph lauren chaussure de marque Chaussure nike Bijoux nike roshe run femme nike blazer lunette de soleil chaussure femme
Menu principal
Página inicial
Notícias
Galeria de fotos
Loja virtual
Fale conosco
Morro de São Paulo
A História
O que fazer de dia
Comércios e Serviços
Meio Ambiente
Eventos
Férias Bahia
Férias Brasil
Está na hora
Promoções
Apresentação
O que fazer a noite
Bairros
Como Chegar
Taxi Aereo
De Avião
De Catamarãs
Via Terrestre
Rotas rodoviárias
Transfer Terrestre
Hotéis e pousadas
Localização
Hospedagem
Escolha onde ficar
Melhores Hospedagens
Em destaque
Pacotes promocionais
Novidade
Promoções da Hora
Festival de primavera
English
Onde Comprar
Dica Info
Video
Informações em Espanhol
Espanhol
Italiano
Praias
Primeira Praia
Segunda Praia
Terceira Praia
Quarta Praia
Quinta Praia
Praia do Encanto
Praia Pequena
Praias próximas a vila
Prainha do Forte
Porto de Cima
Ponta da Pedra
Praias nas redondezas
Gamboa
Garapuá
Praia Argila Medicinal
Pratigi
Boipeba
Ponta do Curral
Ponta do Curral
O Que Fazer
Baleia Jubarte
City Tour
Trilhas de Aventura
Esportes náuticos
Ponta do Curral e Gamboa
Informações
Passeeios
Noite
Esporte & Lazer
Passeio de Barco a Vela
Aluguel de Caiaques
Passeio de Tirolesa
Passeio de Kite Surf
Passeio Pesca Esportiva
Mergulho com cilindro
Surf / Aulas de Surf
Passeio de Banana Boat
Notícia: Show Sucesso de Nando Reis
Passeio a Cavalo
Passeios e excursões
Passeio Volta a Ilha
Passeio Pirata do Morro
Passeio Garapuá em 4x4
Passeio Pancada Crande
Passeio de ultraleve
Caminhada Ecológica
Trilha Ecológica
Arte & Cultura
Atelier do Encanto
Feira de Artesanato
Artistas no Morro Online
Artesãos do Morro
Museus
Escritores
Religiosidade
Gente Daqui
Educação & Livros
Monumentos
Fortaleza
Forte
Farol
Fonte do Imperador
Igreja N.S da Luz
Casarão
Serviços Gerais
Telefones Úteis
Perguntas Frequentes
Tábua de Maré
Tô no Morro online
Companhias Aéreas
Entrevistas
Jornais
Online 24 Horas
Rodovias
Ondas
Empresas & Show Room
Rádio
Web Site
Site de Busca
Utilidade
Blogs
Embaixadas & Consulados
Delegacia de Polícia
Livro de Visita
Empregos
Profissionais
Governo
Modelos de Embarcações
Associações & ONGs no Morro
Achados & Perdidos em Morro
Registro de Domínios
Receitas
Humor
Prefeitura & Secretarias
Projetos Sociais
Mande sua História
Aeroportos Bahia e Brasil
Estéticas
Prestação de Serviços
Tatuagens
Lavanderias
Advocacias em Morro
Pet Shop
Telemensagens
Comidas Típicas
Bancos
Clima
Notícias Anteriores
Carnaval na Pousada
O Portal do Morro
Quem Somos
Anúncios grátis no Morro
Links
Sugestões & Reclamações
Agradecimentos aos Leitores
Classificados Grátis
Imóveis & Terrenos
Venda
Natureza
APA - Proteção Ambiental
Ecologia
Consciência Ambiental
Eco Turismo
Mangues
Saúde & Beleza
Clínicas
Odontologia
Atrações Próximas
As Praias da ilha
Cairú
Ilha de Boipeba
Valença
Nazaré
Ilha de Itaparica
Salvador
Roteiros do Morro
Restaurantes
Lua de Mel
Melhor Idade
Para Crianças
Mochileiros
Salvador da Bahia
História
Destinos
Hotéis
Pousadas
Albergues em Salvador
Igrejas e Capelas
Casas Noturnas
English
Brasil
Descobrimento do Brasil
Sobre o Brasil
Golfe no Brasil
Parques Nacionais
Esporte Radicais
Estradas
Estados com Site
Cidades do Brazil
Praias
Informações Governo
Educação
Arte no Morro Online
Fusos Horários
Hotéis
Fronteiras e Limites
Limites do Brasil
Turismo
Destinos Brasileiros
Glossário Turismo
Utilidades Publica
Cartões Postais
Agências de Notícias do Brasil
Amor & Amizade em Morro
Jogos Online em Morro
Arquitetura & Artes em Morro
Astrologia & Astronomia
Biblioteca
Carnaval
Carros & Motos
Cinema
Concursos
Cultura Diversos
Editoras
Esoterismo
Esportes
Futebol
Games
Imperdíveis
Informatica
Instituições
Internet
Livrarias & Livros
Mulher
Musicas & Letras
Navegando
Países
Personalidades & Pessoais
Politica & Partidos
Portais
Rádios
Revistas
Superinteresante
Parcerias
Comprar Fotos
Faça seu site
Viagem & Turismo
Dicas rápida como chegar
Melhores fotos do Morro
Não Perca Tempo
Reserve online: rápido e fácil.
Escolher sempre é bom
Relato de viagem: Indo para Morro de São Paulo
blog do Morro sp
Morro On Line - 4x4 - Passeios e expedições off-road
Universidades
Dicas e informações úteis
Hotéis e Pousadas em até 2X sem juros - Descontos imperdíveis à vista!
Programação copa 2014.
Reserve já seus passeios, pousadas, hotéis carnaval com antecedência.
Guia do Morro
Agências de Turismo
PORTAIS DE TURISMO
Cidades Turisticas
Hotéis Internacionais
SPAS
Hotéis em site
Empresas Aéreas
Cruzeiros
Locadoras tarifas
TRANSPORTE
PARQUES
MUSEUS
Escolas de Turismo
VARIEDADES
Guia Gigante - Hotéis e Pousadas Morro de
Morro de São Paulo - Bahia - Brasil
Zapatillas nike zapatillas reebok nike air max blancas ropa abercrombie gafas ray ban zapatillas under armour gafas de sol ray ban Gafas carrea new balance hombre botas futbol zapatillas asics new balance mujer zapatos casuales Zapatillas air jordan nike sb nike corte zapatillas vans zapatos timberland zapatillas sport zapatos de mujer nike free puma zapatillas zapatos gucci botas de futbol nike presto gorras new era Gafas oakley bolsos louis vuitton Adidas Neo cinturones gucci zapatillas saucony zapatillas de moda Adidas Originals Adidas Yeezy nike air force
Turismo em Morro de São Paulo Online, Bahia Brasil - Destino - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.

Destino - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.



  
















 Home
    Ásia
    Europa
    América do Sul

UM DESTINO POR DIA =)
Destino #84: Itacaré
 Destino - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
itacare02
Cheap Hotel in Phnom Penh
Best Hotels in Phnom Penh
Do not miss this opportunity!   
Best Hotels in Salvador
Do not miss this opportunity!
OnlineHotel Ads
Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
Até meados dos anos 1990, Itacaré vivia meio isolada em razão de uma estrada de terra difícil de encarar. Hoje, depois da chegada do asfalto, essa antiga vila de pescadores vive do ecoturismo e do interesse gerado pela sequência de belas praias que começa bem pertinho de seu centro histórico. Resende e Tiririca são as mais próximas, ambas com mar de ondas fortes. Algumas são selvagens e exigem fôlego para ser alcançadas, caso da Prainha – para ter direito de curtir um dos visuais mais bonitos do Brasil e um point de surfistas, é preciso enfrentar uma caminhada de 40 minutos. Também exige pernas fortes, e ajuda de quem conhece a região, chegar à curtinha e linda Havaizinho e à deserta Engenhoca, essa com a vantagem de proporcionar banho de água doce, porque tem o Rio Borundanga num dos cantos.

Alguns casarões erguidos no período em que o cacau trouxe riqueza para a região, entre os séculos 19 e 20, ainda estão de pé, restaurados. Uma única rua, a Pedro Longo, concentra o comércio. À noite, ela divide o agito com o Praia da Concha, onde está a maioria das pousadas, além de barzinhos. Hotéis de sonho e resorts, como o Txai, instalado na belíssima e quase privativa Praia de Itacarezinho, oferecem não apenas conforto e mordomia, mas passeios que exploram os mangues, rios e cachoeiras da região. Descendo de seu nascedouro na Chapada Diamantina, no centro da Bahia, o Rio das Contas chega a Itacaré e faz a alegria dos adeptos de esporte de aventura. Com sol brilhando praticamente o ano todo, dá até para programar a viagem para os meses em que a cidade fica mais sossegada, entre julho e outubro. De quebra, ganha-se a oportunidade de avistar baleias, que aparecem na região para acasalamento.

itacare

COMO CHEGAR

O aeroporto mais próximo é o de Ilhéus (72 km), servido por voos das principais companhias; táxis cobram, em média, R$ 120 pelo transfer até o Centro de Itacaré. Da rodoviária de Ilhéus saem ônibus da Viação Rota (3251-2181; 1h40; R$ 11) a cada hora. De carro, o acesso é pela Rodovia Ilhéus-Itacaré (BA-001). A partir de Salvador, o caminho mais curto é pegar o ferryboat até Itaparica e, de lá, seguir pela BA-001.

COMO CIRCULAR

A continuação da Rua Pedro Longo (conhecida como Caminho das Praias) interliga as principais praias urbanas; a estradinha pavimentada pode ser percorrida a pé ou de carro e termina nas areias do Ribeira. Trilhas partindo da BA-001 levam aos balneários mais afastados – uma linha de ônibus intermunicipal sai da rodoviária a cada hora e percorre a rodovia.
No comments yet Categories: Bahia, Itacaré Tags: Bahia, Brasil, Itacaré, Praia, Turismo


Destino #77: Fernando de Noronha
Posted on March 18, 2014, 12:00 am By 1 Destino por dia
fdn

É melhor respirar fundo e deixar o olhar se perder sem medo de ser feliz. Em Fernando de Noronha, tartarugas gigantes, cardumes coloridos e golfinhos parecem ter saído de um documentário para posar diretamente para a máquina fotográfica. Há limites para entrar nesse paraíso. Apenas 450 visitantes podem desembarcar na ilha por dia – e pagando.

A Taxa de Preservação Ambiental é diária. Em 2013, um dia custa R$ 45,60. Caso o visitante fique tempo inferior do pago, é reembolsado com a diferença. A concessão de prestação de serviço do Parque Nacional Marinho à Econoronha gerou mais um gasto para o turista. O ingresso vale por dez dias: R$ 65 para brasileiros e R$ 130 para estrangeiros, e não há reembolso caso o visitante fique por menos tempo.

Do centrinho da Vila dos Remédios, é só seguir até as praias do Cachorro, do Meio e da Conceição, onde se dá a iniciação ao espetáculo dividido entre o Mar de Dentro, praias voltadas para o Brasil, e o Mar de Fora, voltadas para a África. Desfrute melhor do que da Baía do Sancho, no Mar de Fora, com água cristalina e imponentes falésias; do Mar de Dentro, com os tons avermelhados da areia da deserta Praia do Leão, a maior da ilha e onde se pode observar a desova noturna de tartarugas marinhas. À noite, todo turista já sabe, e descobre rapidinho: tem maracatu e forró no luau do Bar do Cachorro, com vista para a praia homônima.

Já na Baía dos Porcos, com apenas 100 metros de extensão, são as piscinas naturais de cor turquesa que causam êxtase. Para ir mais fundo nos segredos de Noronha, batismo de mergulho com equipamentos é um programa que poucos dispensam. Mas os que acham a aventura radical demais ganharam outra opção: o Projeto Navi. A bordo de uma hidronave de observação, os passageiros (vinte pessoas por vez) se acomodam em torno de uma lente que amplia em até três vezes a fantástica vida submarina, à medida que a embarcação com visual futurístico avança.

fdn03

ONDE FICAR

Fernando de Noronha tem praias cobiçadas por viajantes do mundo inteiro, mas, devido ao controle ambiental, há poucos terrenos livres. Tal combinação resulta em diárias altas em qualquer pousada.

As pousadas domiciliares são mais econômicas e surgiram quando turistas começaram a frequentar Noronha, nos anos 80, e se hospedavam nas casas dos moradores. Hoje se profissionalizaram. Os quartos, em geral, são simples, mas têm ar-condicionado e chuveiro quente.

Entre as hospedagens que seguem a combinação de mimos aos hóspedes, paisagens incríveis, controle ambiental e diárias altas estão a Pousada Maravilha, Pousada Zé Maria, Eco-Pousada Tejuaçu, Triboju e Pousada do Vale.

Com diárias entre R$ 300 e R$ 600, destaque para as domiciliares Pousada Fortaleza, Pousada da Filó, Pousada Alquimista e Pousada Leão Marinho.

ONDE COMER

Pescados e preços altos são frequentes por aqui. Nas pousadas, há restaurantes sofisticados, como o da Triboju e o da Solar dos Ventos, novidades no Guia Brasil 2013. Nos preços altos também entram as cozinhas Maravilha e Teju-Açu, de ambas as pousadas, a Mergulhão e a Cacimba Bistrô. O programa gastronômico mais famoso é o Festival do Zé Maria. A quem prefere economizar na refeição, Da Edilma, Flamboyant, Na Moita e Tricolor servem refeições por até R$ 35. No Museu dos Tubarões, prove o famoso bolinho de tubalhau, feito de carne de tubarão.

COMO CHEGAR

A Gol e a Trip voam para Noronha partindo de Natal e Recife. Os voos levam de 1h10 a 1h20. No aeroporto, você evita uma fila razoável se já tiver pagado pela internet (www.noronha.pe.gov.br) a taxa ambiental obrigatória.

COMO CIRCULAR

Quem se hospeda na Vila dos Remédios, Vila do Trinta, Floresta Nova e Flortes Velha consegue fazer muitos programas a pé. Táxis-bugues (Nortax, 3619-1314) têm tarifas tabeladas. Micro-ônibus circulam pelo 7 quilômetros da BR-363 e ligam, a cada 30 minutos, o Porto de Santo Antônio à Baía do Sueste. É comum pegar e oferecer entre carona. O aluguel de um bugue custa entre R$ 100 e R$ 200 por dia e a gasolina (entre as mais caras do país) fica por conta do viajante.

fdn02

SUGESTÕES DE ROTEIROS

3 dias – O tempo é curto e você vai ter que correr para aproveitar ao máximo. Para não perder o dia da chegada, curta o fim da tarde tomando um drinque no bar Duda Rei, na Praia da Conceição ou observando o pôr do sol no Forte do Boldró. No dia seguinte, faça o Ilhatur, assim você conhece as praias mais famosas e escolhe a sua preferida para voltar depois. No último dia, embarque no passeio de barco, que costeia o Mar de Dentro e faz uma parada na Baía do Sancho.

5 dias – O mergulho livre na Praia da Atalaia é imperdível. Na Baía do Sueste você pode nadar com tartarugas e até tubarões. Faça o mergulho autônomo no começo da viagem: assim, se você quiser ir de novo, ainda dá tempo. Se preferir um contato menos direto com o fundo do mar, o Projeto Navi é ideal. Reserve pelo menos uma noite para assistir a uma palestra no Projeto Tamar e aproveitar o agito no Bar do Cachorro. No último dia, você ainda consegue fazer a Prancha Submarina.

8 dias – É o ideal para curtir a ilha com calma. Desça a fenda da Baía do Sancho e aproveite o tempo livre para passar meio período por lá – não se esqueça do snorkel. Se gostar de caminhar, faça o trekking da Praia da Atalaia. Consulte a programação do Projeto Tamar e veja se você consegue acompanhar algumas das atividades com as tartarugas. À noite, não perca o samba de domingo ao lado da igreja.

QUANDO IR

Em setembro e outubro, o mar é perfeito para mergulhos. De dezembro a fevereiro, ondas atraem surfistas e cruzeiros param na ilha trazendo ainda mais turistas. Entre março e junho chove bastante, mas ainda há sol e os preços baixam.

VIDA NOTURNA

A Vila dos Remédios concentra o movimento. Quase todo dia tem festa: o Bar do Cachorro, famoso pelo forró às sextas, incrementou a programação com maracatu às segundas; vizinho da igreja, o Espaço Cultural Muzenza, conhecido como “Pizzaria”, abre as portas às quartas, quintas e sábados para bandas locais – aos domingos, roda de samba por volta das 22h, após a missa.
No comments yet Categories: Brasil, Fernando de Noronha, Pernambuco Tags: Brasil, Fernando de Noronha, Pernambuco, Praia, Turismo


Destino #75: Florianópolis
 By 1 Destino por dia
floripa02

O cardápio de praias da ilha de Santa Catarina, onde está cerca de 97% do território de Florianópolis, impressiona. Em um território de 430 quilômetros quadrados, o turista pode optar pelas areias badaladas e urbanizadas na orla norte ou se entregar às sossegadas e selvagens praias do sul, umas com ondas violentas, outras de águas calmas, longos trechos de areia e pequenos paraísos escondidos. Oficialmente são 42, mas há uma centena delas, algumas até sem nome, numa contagem que inclui as da costa continental. Como se não bastasse, Florianópolis oferece lagoas, dunas, montanhas, mangues, além de uma vida cultural igualmente diversificada, que atrai jovens em busca de curtição, famílias com criança e, por que não?, casais românticos. Toda essa variedade de atrativos traz como contra-indicação o insuportável trânsito nos dias de verão. Nada, porém, que não faça os visitantes voltarem para casa saudosos de pérolas como a bela praia de Lagoinha do Leste, de difícil acesso, ou do glamour e das baladas à beira-mar, movidas a champanhe e música eletrônica, de Jurerê. Tradicionalmente, os surfistas se dirigem à Joaquina, enquanto a Armação é dos pescadores e Galheta, adotada por gays e naturistas. Não quer praia? Tudo bem, basta procurar abrigo nos restaurantes especializados em ostra nas vilas açorianas de Ribeirão da Ilha e de Santo Antônio de Lisboa, onde o casario do século 18 define a paisagem.

COMO CHEGAR

Quem vem de carro e parte de Curitiba chega a Floripa pela BR-101, duplicada e bem-conservada. De Porto Alegre, o acesso é pela mesma rodovia, mas o trecho está em obras e vive congestionado. De avião, desembarca-se no Aeroporto Hercílio Luz, no sul da ilha, e segue-se para o Centro de táxi (a corrida custa, em média, R$ 40), de ônibus executivo (R$ 4) ou circular (R$ 2,90). Todas as maiores companhias aéreas do país voam para lá, como Avianca, Azul, Gol e Tam. O Terminal Rodoviário Rita Maria fica no Centro, perto do principal terminal de linhas municipais.

COMO CIRCULAR

A distância entre uma ponta e outra da ilha é grande. Do Centro ao extremo norte, em Ponta das Canas, são 29 km e, até o sul, em Caieira da Barra do Sul, 27 km. O melhor, portanto, é circular de carro e estar preparado para o tráfego intenso no verão, principalmente nas cercanias da Lagoa da Conceição. Recorrer aos ônibus é uma boa alternativa: há várias linhas e o cartão Passe Rápido Turista custa R$ 3 (carga mínima de R$ 7) e permite integração.

floripa

ONDE FICAR

Antes de reservar hotel, vale saber que uma região fica bem distante da outra, e que elas têm perfil diferente entre si. Ao norte há mais praias urbanas, como Canasvieiras — repleta de pousadas que recebem excursões — e os três principais resorts: Costão do Santinho, Il Campanario Villagio e Jurerê Beach Village. Nas praias do sul estão pousadas que proporcionam maior contato com a natureza. A região da Lagoa da Conceição concentra o público jovem, que se entrega à vida noturna local e opta por hostels. É também na Lagoa que está a única hospedagem de charme na ilha, a Quinta das Videiras. No Centro, estão hotéis executivos como o Sofitel e o Majestic Palace.

Entre abril e outubro, muitos hotéis fecham as portas, principalmente em Canasvieiras e Ingleses.

floripa03

ONDE COMER

A localização geográfica faz de Floripa um excelente ponto de pesca de tainha e camarão, além de ter água em condições ideais para o cultivo de ostras. O resultado é uma profusão desses ingredientes nos pratos. O Centro abriga uma grande quantidade de restaurantes, e as regiões da Lagoa da Conceição, no meio da ilha, e de Santo Antônio de Lisboa e Sambaqui, em direção ao norte, têm endereços que unem bons pratos e belos visuais. No extremo norte você faz refeições no espírito de balada em Jurerê Internacional. Na Costa da Lagoa, o almoço completa o passeio de barco. Já na parte sul, os melhores endereços ficam em Ribeirão da Ilha, onde restaurantes cultivam as próprias ostras. Algumas casas têm horário de funcionamento restrito ou fecham na baixa temporada..

Comida Típica

Camarão - Muito popular na ilha, a sequência de camarão é uma boa pedida para os apreciadores do crustáceo. Ela combina fartura e preços módicos – para um banquete focado neste ingrediente. A casquinha de siri costuma abrir a refeição. O festival prossegue com camarão ao alho e óleo, ao bafo, à milanesa, frito e em molhos para peixes. Mas abundância nem sempre significa frescor: nos períodos de defeso (março a maio e de novembro a janeiro), os restaurantes usam o crustáceo congelado. Onde comer: Toca da Garoupa, Rancho Açoriano, O Barba Negra, Pescador Lobo, Toca de Jurerê, Cabral,Muqueca da Ilha e Cachoeira.

Ostra - Floripa é o melhor lugar do Brasil para virar fã de ostras. Além da enorme oferta – da região sai 80% da produção nacional – e dos bons preços, a cidade tem muitas casas especializadas. As águas mornas e ricas em nutrientes das baías localizadas entre a ilha e o continente ajudam a explicar o sucesso do cultivo – e a ótima probabilida de comê-las ainda vivas por aqui. Antes de fazer isso é preciso ficar atento ao aspecto: a ostra fresca brilha, é bem grudada à concha e tem cheiro de mar. Apesar de preferida pelos gourmets, a versão in natura perde em pedidos para a receita do bafo e para a gratinada. Ribeirão da Ilha e Sambaqui reúnem a maior parte dos restaurantes que levam um molusco de qualidade à mesa. Onde comer: Rancho Açoriano, Ostradamus e Porto do Contrato possuem produção própria.

Tainha - Não é preciso circular muito para achar tainha fresca entre maio e junho, quando o peixe de carne tenra e saborosa vira figurinha fácil em muitos restaurantes da cidade. Nesse período do ano, cardumes saem do extremo sul do país e rumam na direção norte para desovar, passando pelo litoral catarinense. Nos outros meses, o pescado vem congelado do Rio Grande do Sul, mas dá para comer a tainhota, uma variação menor da tainha, em casas da Costa da Lagoa. A receita mais comum traz o peixe assado no forno ou grelhado, mas o título de prato mais tradicional fica com a tainha escalada – o pescado é aberto pelo dorso, temperado com sal grosso e seco ao sol por 24 horas. Mais rara nos restaurantes, a versão da tainha recheada com as próprias ovas tem preços mais altos.

QUANDO IR

Floripa é perfeita no verão, época de baladas e sol todo dia. Em maio e junho, as temperaturas caem e os cardápios destacam as tainhas, pescadas no período. Em outubro, a Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana movimenta a cidade. Entre maio e setembro as temperaturas mínimas ficam abaixo dos 20 graus e muitos hotéis, pousadas e restaurantes nem chegam a abrir.
No comments yet Categories: Brasil, Florianópolis, Santa Catarina Tags: Brasil, Florianópolis, Santa Catarina, Turismo


Destino #66: Gramado

gramado02

O clima europeu de Gramado não está apenas na temperatura – que pode baixar de zero no inverno -, mas também na arquitetura, na culinária, nos jardins de hortênsias e, principalmente, no rosto dos moradores, de origem alemã e italiana. Logo na entrada da cidade, um pórtico em estilo normando e outro de influência bávara recebem o turista e já mostra que não faltará beleza e organização.Gramado é um dos poucos lugares no Brasil em que planejamento de turismo foi levado a sério. Do transporte às atrações turísticas, tudo funciona muito bem com o objetivo de atender os visitantes. Por esse motivo, ao contrário de outras cidades brasileiras, a cidade permanece cheia a ano todo, não só na alta temporada.

Praças arrumadinhas, ruas arborizadas, lojinhas e atrações que vão interessar de crianças à terceira idade servem de cenografia para três eventos aguardadíssimos: em primeiro lugar, a chegada do inverno, que a coloca como o mais importante destino da temporada no Brasil. O agito segue até agosto, quando acontece o Festival de Cinema de Gramado, com a presença de estrelas nacionais e latino-americanas. O ápice é o Natal Luz, que prolonga os espetáculos natalinos de novembro à segunda quinzena de janeiro.

gramado

ONDE FICAR

A hotelaria é um ponto alto de Gramado. Em 2012, foi inaugurado o Gramado Master Palace, com 240 apartamentos. É mais um empreendimento de alto padrão na região, que, em 2011, ganhou o luxuosoSaint Andrews, o mais confortável de Gramado – e também o mais caro -, com diárias acima de mil reais. No grupo de diárias altas e confortáveis também estão a Varanda das Bromélias, a Pousada La Haciendae a Estalagem St. Hubertus.

No extremo oposto, há boas hospedagens e com preços acessíveis, como as pousadas Vovó Carolina e Kaster. No bom e barato Gramada Hostel, a diária inclui café da manhã, os apartamentos são novos e bem-cuidados. Além dos quartos coletivos, o albergue tem acomodações para casais e famílias.

ONDE COMER

Comer bem e com fartura é parte da programação em Gramado. O leque gastronômico abrange desde rodízio da Casa di Paolo, que serve um dos melhores galetos do país, às fondues dos estrelados Belle Du Valais e Le Petit Clos. A sequência de fondues por preço fixo é uma oferta comum em Gramado, mesmo nas melhores casas. Não deixe de ir no Gasthof Edekweiss e Bouquet Garni. Não faltam ainda restaurantes com influência alemã e italiana, como as casas de massas, café colonial e carne de caça. A novidade é o restaurante de cozinha variada do luxuoso hotel Saint Andrews.

COMO CHEGAR

De carro, a partir de Porto Alegre, há três caminhos. O mais bonito (e sinuoso) é pela BR-116, mas o mais comum é sair da BR-116 depois de Novo Hamburgo, pegar a RS-239 e, em Taquara, seguir pela RS-115. O mais curto é ir pela cidade de Cachoeirinha, na RS-020, e continuar pela RS-115, depois de Taquara. Do Aeroporto Salgado filho e da rodoviária de Porto Alegre, os mais próximos de Gramado, saem ônibus diários (Viação Citral, 0800-979-1441), com preços entre R$ 21,90 e R$ 28,25. O percurso leva cerca de duas horas.

COMO CIRCULAR

Não há semáforos e o trânsito é ordenado pelas rótulas, como são conhecidas as rotatórias que se encontram, na maioria, ao longo das avenidas principais: a Borges de Medeiros e a das Hortênsias. Boa parte dos hotéis e restaurantes de Gramado concentra-se, aliás, entre as duas vias – o melhor jeito de ir de um lugar a outro é caminhando. Para chegar a lugares mais distantes, há táxis e linhas de ônibus. O circular que vai de Gramado a Canela parte da rodoviária e passa por vários pontos turísticos, como a Aldeia do Papai Noel, chocolaterias e museus. A pé, use livremente as faixas de pedestres – os carros realmente param para você atravessar.

SUGESTÕES DE ROTEIROS

2 dias – Faça compras no Centro, circule pela Rua Coberta e tome um delicioso chocolate quente em um dos cafés por ali. No almoço, prove o galeto do restaurante Casa di Paolo e depois passeie pelo Lago Negro. No jantar, prove uma fondue em um dos restaurantes suíços estrelados da cidade: Belle Du Valais ou Le Petit Clos. No dias seguinte, dê um giro por diversos países, no Mini Mundo, e conheça o Parque do Caracol, na vizinha Canela.

5 dias – É o tempo ideal para aproveitar com calma as principais atrações. Compre o Passaporte Museus de Gramado, que dá direito a entrada no Hollywood Dream Cars, Super Carros, Dreamland Museu de Cera e Harley Motor Show. O Gramadozoo, onde só há bichos da fauna brasileira, é programa imperdível para famílias. E mergulhe na vida rural de Gramado em um roteiro de Agroturismo.

7 dias – Em Canela há diversas atrações para ir com a família, como o recém-inaugurado Terra Mágica Florybal, um parque temático, e o famoso Alpen Park, para quem gosta de aventuras. Outra novidade por lá é o Museu da Moda. O Centro Budista Chagdud Gonpa fica no alto de uma bela colina em Três Coroas, a 31 quilômetros. De volta a Gramado, se você gostou de ver miniaturas, não perca o Mundo Encantado, onde há representações da cidade.

QUANDO IR

No inverno, sobretudo em julho, no Festival de Cinema, em agosto, e no Natal Luz, de novembro à janeiro, a cidade lota, há trânsito e os preços sobem. Para gastar menos, vá entre fevereiro e maio ou entre setembro e outubro.

VIDA NOTURNA

Muita gente jovem se reúne no Bill Bar, uma casa noturna que se tornou point nos fins de semana de Gramado. Também às sextas e sábados, o museu Harley Moto Show se transforma em um pub – quem visita o local durante o dia ganha o ingresso para a balada à noite.

 
No comments yet Categories: Brasil, Gramado, Rio Grande do Sul Tags: Brasil, Gramado, Rio Grande do Sul, Turismo


Destino #64: Arraial do Cabo

arraial02

Arraial do Cabo costuma ser destino de visitantes de um dia, vindos principalmente de Búzios e Cabo Frio, mas tem atrativos que justificam uma estada maior. O forte, aqui, é o litoral belo e preservado. As famosas praias do Pontal do Atalaia impressionam com mar azul-clarinho e areia limpíssima, enquanto a do Farol é um dos melhores pontos de mergulho livre do Brasil.

COMO CHEGAR

Ponte Rio-Niterói (pedádio na ida), BR-101 até Rio Bonito e Via Lagos/RJ-124 (pedágio ida e volta), passando por São Pedro da Aldeia e Cabo Frio. Ou Ponte Rio-Niterói (pedágio na ida), RJ-104 até Tribobó e Rod. Amaral Peixoto/RJ-106.

COMO CIRCULAR

Para chegar às melhores praias, no Pontal do Atalaia, é preciso atravessar a cidade.

ONDE FICAR

Há boas opções de hospedagem com diárias até R$ 300. É o caso da Pousada Pilar, da Pousada do Timoneiro, da Pousada Canto da Baleia, da Gênesis Suítes & Lazer e da Acuário Pousada.

arraial

ONDE COMER

As casas Sol na Cozinha, Porto das Delícias e Saint Tropez servem comida variada. Para experimentar pescados, vá ao Meu Xodó.

SUGESTÕES DE ROTEIROS

2 dias – Reserve os dois dias para conhecer as famosas praias do Pontal do Atalaia e a Praia Grande. A primeira é formada por duas pequenas enseadas, de areia fina e branca. A segunda é a preferida dos surfistas.

4 dias – Faça o passeio de barco que leva para a Praia do Farol, em Cabo Frio. Em qualquer dia, aproveite o passeio de mergulho. As águas de Cabo Frio são transparentes, de fauna marinha rica e com vários pontos para mergulho.

QUANDO IR

No verão, pois a água de Arraial do Cabo é fria. Em qualquer época do ano, vá para praticar mergulho.

arraial03
No comments yet Categories: Arraial do Cabo, Rio de Janeiro Tags: Arraial do Cabo, Brasil, Rio de Janeiro, Turismo


Destino #62: São Miguel dos Milagres
Posted on March 3, 2014, 12:00 am By 1 Destino por dia
smdm

Por não receber excursões de Maceió (apesar da proximidade com a capital), São Miguel dos Milagres tem o litoral mais preservado da região. É uma vila de pescadores cortada por apenas uma rua principal e cercada por povoados. Em cada um é possível conhecer uma praia diferente, de beleza especial. O mar é verde-clarinho, morno e sem ondas, com os recifes característicos da Costa dos Corais. Quando a maré baixa é possível andar quilômetros mar adentro e mergulhar nas piscinas naturais. A falta de núcleos urbanos mais desenvolvidos fomentou a formação de um circuito gastronômico dentro das próprias pousadas, que são bem estruturadas e charmosas.

São Miguel dos Milagres possui uma das atrações cinco estrelas do GUIA QUATRO RODAS BRASIL 2013, a deslumbrante Praia do Patacho, que conta com centenas de coqueiros emoldurando uma extensa faixa de areia junto ao mar de tons esverdeados. Além de uma série de praias bem bacanas nos arredores, é possível fazer um passeio de jangada até as piscinas naturais e praticar snorkel nas águas cristalinas junto dos recifes das praias do Toque e de São Miguel. Outra atração interessante é visitar o Santuário do Peixe-Boi Marinho, junto ao rio Tatuamunha, e conhecer um dos mamíferos brasileiros mais ameaçados de extinção, dóceis como golfinhos.

smdm02

COMO CHEGAR

Saindo de Maceió pela AL-101, os primeiros 50 km até Barra de Santo Antônio compõem um dos trechos rodoviários mais bonitos do país, seguindo muitas vezes paralelo à praia e ao coqueiral. Após atravessar São Luís do Quitunde, deixe a rodovia principal e vire à direita em direção a Passo de Camaragibe e Barra de Camaragibe, onde a estrada volta a encontrar o mar azul-esverdeado. São Miguel dos Milagres está logo ali, a 11 km.

Quem não estiver motorizado pode solicitar a sua pousada os arranjos do traslado, já que vários estabelecimentos oferecem o serviço cobrando uma taxa.

ONDE FICAR

O GUIA BRASIL traz uma seleção de pousadas e hotéis, a maioria junto à praia, incluindo as localizadas nos municípios vizinhos de Porto de Pedras e Passo do Camaragibe. Os destaques são a Pousada do Toque, a Aldeia Beijupirá e a charmosa Pousada do Caju, com acomodações em bangalôs e chalés. Vários estabelecimentos não aceitam crianças ou mesmo menores de 16 anos, portanto cheque com certa antecedência.

ONDE COMER

Todos os restaurantes de São Miguel dos Milagres são simples ou de médio conforto, oferecendo um cardápio que transita entre o variado e os pescados. Alguns não aceitam cartões como forma de pagamento.

smdm03

QUANDO IR

A alta estação é no verão, quando chove menos e o calor chega a picos de 30 graus ou mais. Neste período as diárias de hotéis e restaurantes cobram as tarifas mais altas e é necessário fazer reserva com certa antecedência. De maio a julho a temperatura continua alta, mas chove bastante. Setembro e outubro são meses que podem oferecer algumas boas ofertas e o tempo pode estar mais firme.
No comments yet Categories: Alagoas, São Miguel dos Milagres Tags: Alagoas, Brasil, Praia, São Miguel dos Milagres, Turismo


Destino #49: Maragogi

maragogi

Famosa pelas Galés, conjunto de piscinas naturais, Maragogi é considerada o tesouro mais precioso da Costa dos Corais. O lugar é comparado por muitos turistas às ilhas caribenhas, graças à cor azul-turquesa da água. Além das Galés, que já foram bastante exploradas, há outras piscinas naturais, como Taoca e Barreira de Peroba, que são mais preservadas.

maragogi 02

COMO CHEGAR

De Maceió, são 140 quilômetros num trajeto meio tortuoso. Siga pela AL-101 até a Barra de Santo Antônio, depois pela AL-413 até São Luís do Quitunde, AL-105 até Porto Calvo, AL-465 até Japaratinga e, finalmente, AL-101 até Maragogi. De Recife, os 130 quilômetros são percorridos pelas rodovias BR-101, PE0-060 e AL-101. Partindo de ônibus da capital alagoana, são 2h30 de viagem (Real Alagoas, 3356-1324, R$ 17, dois horários diários pela manhã). De ônibus, a partir de Recife, o trecho também leva 2h30 (Real Alagoas, 81/3452-1511, R$ 21, duas saídas por dia pela manhã).

COMO CIRCULAR

Uma van (R$ 2,50) sai do Centro e percorre a AL-101, passando pelas praias no sentido sul e norte – menos Bitingui, Barreiras do Coqueirão, Boqueirão e do Pontal.

ONDE FICAR

O Salinas do Maragogi Resort é uma das hospedagens mais caras da região, com diárias entre R$ 980 e R$ 1800, e reserva lazer e conforto excessivos. O Gran Oca Maragogi Resort tem uma das piscinas mais longas do Nordeste: são 400 metros, dividindo o resort ao meio. Quem busca economizar pode se hospedar na Pousada do Alto, Pousada Praiagogi, Vila Cobé, Pousada Vila de Taipa e Venezia Tropicale.

ONDE COMER

Há restaurantes que estão dentro das pousadas, como é o caso do Tuyn, na Praiagogi, e do Caiuia. O Mara e o Venezia Tropicale ficam próximos de praias, enquanto o Deck bar é beira-mar. Não deixe de provar a Tapioca da Martha, a melhor de Maragogi.

SUGESTÕES DE ROTEIROS

2 dias – Tire um dia para aproveitar as praias mais afastadas, como a de Japaratinga, com centrinho próprio. Já na Praia de Maragogi, o Passeio de Barco até as Piscinas Naturais é atividade obrigatória para nadar com peixinhos e observar o fundo do mar. As Galés são as mais conhecidas e, por serem as mais visitadas, são as menos preservadas. Depois, a partir das 17h, a Feira de Artesanato ocupa o calçadão da praia principal. Não deixe de conhecer o restaurante Tuyn, da pousada Praiagogi.

4 dias – Aproveite para dar uma esticada até São Miguel dos Milagres, onde fica a Praia do Patacho e o Santuário do Peixe-boi Marinho. Você pode chegar até lá fazendo a travessia de balsa, pela Praia do Pontal. Se o plano for almoçar pela região, faça uma reserva no Patacho aproveite para dar uma passada na loja das Sandálias Lima.

QUANDO IR

As temperaturas são altas e chegam até 30ºC no verão. Entre maio e julho, as chuvas aumentam. É muito importante programar a visita durante a maré baixa, condição necessária para que os passeios sejam feitos. Consulte a tábua de marés da marinha (mar.mil.br/dhn).

maragogi 03
No comments yet Categories: Alagoas, Brasil, Maragogi Tags: Alagoas, América do Sul, Brasil, Maragogi, Praias, Turismo


Destino #36: Morro de São Paulo


Nosso destino desta vez foi a famosa Ilha Morro de São Paulo na Bahia um destino fantástico e muito Bonito, um dos destinos mais procurados por estrangeiros e Brasileiros de todas as partes do Brasil. Com um visual maravilhoso chegamos de catamarã, e fomos recebidos pelos nativos da ilha, ao desembarcar nossas malas foram carregadas de carrinho de mão ate o Hotel , pois la não existem veículos circulando , um dos atrativos, quem depender de carro não sera na ilha que conseguira, nem táxi, quase todos trechos da ilha nas praias são feitos a Pe. Ficamos na Pousada Bahia Brasil , pois apos muita pesquisa foi a pousada que nos proporcionou uma agradável estadia de 5 dias. Morro de São Paulo fica situado na Ilha de Tinharé, na região da Costa do Dendê, com acesso a partir de Salvador ou de Valença. Logo na chegada o Morro começa a fascinar e seduzir seus visitantes. A primeira imagem é de um cartão postal: a ponte de atracação do Terminal Marítimo, o Portaló - antigo portal, as ruínas do velho forte, a igreja Matriz de Nossa Senhora da Luz e o farol compõem a paisagem emoldurada pela mata nativa e pelo azul deslumbrante do céu e do mar. 

Muitos acabam ficando por lá, a exemplo de turistas italianos e paulistas, que abandonaram o paletó, a gravata e o corre-corre das metrópoles para se tornarem, hoje, felizes proprietários de confortáveis e aconchegantes pousadas. 
Mergulhar, nadar, cavalgar, banhar-se nas piscinas de água salgada ou na fonte de água doce faz parte de programas irresistíveis. 


Primeira Praia

É a praia de entrada para o litoral do Morro de São Paulo, sendo mais povoada de pousadas e casas de veraneio, sendo propícia para o surf.


Segunda Praia

Quando a maré baixa, a Segunda Praia transforma-se em aquário e, mesmo sem ajuda de equipamentos, pode-se apreciar a riqueza da fauna subaquática. As áreas de barracas são demarcadas com coqueiros e plantas decorativas, que lhes emprestam um charme todo especial. É aqui também que, à noite, acontecem os luaus.



Terceira Praia

Na direção da Terceira Praia está a Ilha da Saudade. O lugar lembra um jardim tropical - bem no estilo Burle Marx - no meio do mar. Da Terceira Praia avista-se a ilha de Caitá, uma pequena formação decorada por um único coqueiro. As piscinas de corais também são constantes nesta praia.



Quarta Praia

O restante da costa é chamada de Quarta-Praia, até a Ilha de Boipeba, numa extensão de 20 quilômetros de pura natureza estonteante.


Quinta Praia

Conhecida também como Praia do Encanto, é a mais isolada, tranquila e longe de todo o burburinho das outras praias. O cenário envolve uma mistura entre coqueirais e mangues de areias brancas e águas calmas.



Trilha para Guarapuá

Uma agradável caminhada desfrutando da beleza de nossa Mata Atlântica. Seguiremos pelo caminho das bromélias até o Vilarejo de Garapuá, uma das mais belas praias de nossa Ilha.



Ilha de Boipeba

A Ilha de Boipeba é uma vila de pescadores escondida atrás da ilha de Tinharé, onde está Morro de São Paulo. Pode-se dizer que o recanto é hoje o que Morro era antigamente. Ao contrário do destino lotado de argentinos, Boipeba ainda está pouco frequentada. O resultado são praias desertas e lindas, e aquele clima original que todo vilarejo de pescador tem antes dos turistas chegar.



Piscinas Naturais

As águas cristalinas de Morro de São Paulo e de Boipeba tornam a região perfeita para o mergulho. Com snorkel, as melhores opções são as Terceira e Quarta praias e a piscina natural de Moreré, em Boipeba. De cilindro, os pontos são Camboa Velha e os corais de Itatiba e Itatimirim, com 25 metros de profundidade. Operadoras de Morro de São Paulo oferecem batismo – mergulho para iniciantes.


Passeio de Barco

Saída de barco em direção às piscinas naturais de Morerê, que com suas águas rasas são perfeitas para relaxar. Na maré baixa, pode-se fazer um delicioso mergulho nas piscinas, no meio dos recifes. O Caribe também é aqui. O barco segue costeando até a Ponta dos Castelhanos no sul da ilha. No caminho passamos pela praia de Bainema, uma das mais isoladas, onde entramos em harmonia total com a natureza.


Ponta do Curral, Coroa e Villa Gamboa

Passeio de barco, conhecendo diversas praias. Ponta do Curral com seus 20 km de praia deserta. Paramos na Coroa do Meio, uma bancada de areia localizada bem na divisa da Ilha com o continente, no Vilarejo de Gamboa para almoço, e faremos um passeio para conhecer o Vilarejo.

A pacata vila de 20 anos atrás deu lugar a uma Morro de São Paulo agitada, repleta de pousadas, restaurantes na Rua Caminho da Praia, lojas e vida noturna animada. A Praça Aureliano Lima, no centrinho da vila, ganhou revestimento sobre a areia, e, na Segunda Praia, uma passarela de madeira facilitou a circulação até o início da Terceira Praia. Uma característica, no entanto, continua irretocável: a beleza e a tranquilidade, especialmente da Terceira Praia em direção ao sul da Ilha de Tinharé.
Veja as últimas dicas do que fazer em Morro de São Paulo, onde comer e ficar ... que estava indo pra um destino próximo e saiu a R$ 25,00, mas não aconselho, ... Achei muito bacana as dicas do site e também quero dar minha contribuição.
A região de Morro de São Paulo possui cinco praias listadas como “quatro estrelas” do GUIA QUATRO RODAS. A mais próxima da vila é a Quinta Praia, também conhecida como a do Encanto. Na verdade, ela é apenas uma extensão ao sul da Quarta. Na Ilha de Boipeba estão quatro joias do litoral brasileiro, as praias de Cueira, Moreré, Bainema e Ponta de Castelhanos. São apenas 50 minutos de distância, mas parece outro mundo, tal a tranquilidade do local. Para chegar até a ilha, há duas alternativas: fretar uma lancha (R$ 450 para até oito pessoas)  ou, opção mais econômica, fazer o passeio de barco pelo sul da ilha; na alta temporada, o barco pode levar exclusivamente para a cenográfica Moreré — em todos os casos, as saídas são da Terceira Praia. Consulte a Rota Tropical, (75)3652-1551, ou a Itha do Mar, (75)3652-1104.

morere

COMO CHEGAR

O melhor acesso é por Valença, com duas opções de embarque. Você pode pegar barco (1h30 de viagem, R$ 7, saídas a cada meia hora, com parada em Bom Jardim; saídas diretas às 11h, 12h30, 13h e 15h) ou lancha (30 minutos, R$ 15) no Centro, deixando o carro nos estacionamentos próximos (até R$ 20 por dia). a segunda opção, mais rápida e barata, porém com menos saídas, é pegar o barco (30 minutos, R$ 5) ou a lancha (15 minutos, R$ 10) no atracadouro de bom jardim, na ponta do Curral, a 22 km do Centro. O estacionamento custa R$ 10  por dia; recomenda-se levar a chave.

Quem está em Salvador tem duas alternativas: ir de catamarã (duas horas, R$ 80, duas saídas diárias às 9h e 14h, com a Biotur, 75/3641-3327; eventualmente há uma terceira partida), que sai em frente ao Mercado Modelo, ou a bordo de um avião bimotor (25 minutos). a empresa aérea Addey (71/3204-1393,www.addey.com.br, R$ 280 só ida) tem saídas diárias para, no mínimo, quatro pessoas.

Ao entrar na ilha é cobrada uma taxa de turismo de R$ 12 por pessoa.

COMO CIRCULAR

Os únicos veículos permitidos na ilha são os tratores, jardineiras e os carros de pousadas e agências de turismo. Mesmo assim, do cais até a terceira praia só dá para ir a pé. A partir do início da Quarta praia, você consegue contratar uma charrete (a partir de R$ 30 para duas pessoas). Na chegada, carregadores podem levar as bagagens em carrinhos de mão (a partir de R$ 10).

ONDE FICAR

Há várias boas pousadas em Morro de São Paulo, com instalações básicas. A melhor é a Pousada Villa dos Corais, na Terceira Praia. Outras recomendações são a Vila dos Orixás e Anima (ambas na Quinta Praia), a Villa dos Graffitis (Segunda Praia), Pousada Fazenda Caieira 3a. Praia e a Charme Pousada, na vila. Para maiores detalhes e mais opções, acesse o verbete hotéis em Morro de São Paulo.

hotel

SUGESTÕES DE ROTEIROS

2 dias – Conheça todas as praias de Morro de São Paulo. Fique um dia na Primeira e na Segunda, que são mais agitadas, e reserve um período para a caminhada da Terceira à Quinta praia, mais intocadas. É imperdível o pôr do sol no Farol do Morro.

4 dias – Reserve um dia para o passeio de volta à ilha, que passa pelas piscinas naturais da Praia de Garapuá e para em Moreré, na Ilha de Boipeba. Em outro dia, faça o mergulho com máscara e snorkel nos recifes da Segunda, Terceira e Quarta praias.

QUANDO IR

Faz sol o ano todo. Evite o período entre março e maio, época de chuvas.

VIDA NOTURNA

O esquenta começa no pôr do sol: o bar Toca do Morcego (8106-6305), no início da subida para o Farol, tem animada happy hour, quase sempre com música ao vivo. Depois, vale tomar uma caipirinha nas barracas da Rua Caminho da Praia e da Praça Aureliano Lima, no centrinho do Morro. Ou rumar direto para a Pulsar Disco (3652-1385), no caminho para a Fortaleza, que aos sábados promove a festa da espuma. Na Segunda Praia, o movimento ocorre depois da meia-noite, com luaus e música de todos os tipos.

Avaliações de hotéis, voos e aluguéis por temporada
Destino Morro de São Paulo, Morro de São Paulo

 Morro de São Paulo: um dos 25 melhores destinos da América Latina


Morro de São Paulo: um dos 25 melhores destinos da América Latina. O site britânico Trip Advisor, maior referência de turismo internacional para pessoas que querem conhecer o mundo publicou seu Travelers' Choice 2011 e Morro de São Paulo aparece como o 14° melhor destino turístico da América Central e América do Sul, à frente de Salvador, Punta del Este, Santiago e São Paulo.

Na lista ainda figuram localidades como Porto de Galinhas, Rio de Janeiro, Florianópolis, Jericoacoara e Búzios.

Cerca de 40 milhões de turistas ao redor do mundo consultam o Trip Advisor antes de realizar suas viagens. No site ainda é possível encontrar mais de 50 milhões de comentários sobre os variados destinos globais.

    Sites internacionais

    Morro de São Paulo
    Hotéis
    Voos
    Aluguel de Temporada
    Restaurantes
    O que fazer
    Melhor de 2014
    Tendências
    1
    Fórum
    Mais
    Faça sua avaliação

    América do Sul
    Brasil
    Bahia (BA)
    Ilha de Tinharé
    Morro de São Paulo
    O que fazer em Morro de São Paulo
    Destino Morro de São Paulo

Destino Morro de São Paulo
Salvar
Morro de São Paulo, Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé, Bahia, Brasil
Atualizar os detalhes da atração
Foto de Destino Morro de São Paulo
Nº 1 de 20 atrações em Morro de São Paulo
4.5 de 5 estrelas 748 avaliações
Tipo: Pontos de interesse
Foto de Destino Morro de São Paulo Foto de Destino Morro de São Paulo Subida na entrada da ilha
193 fotos do visitante
Links patrocinados *
Faça sua avaliação Multiplus arrow
Multiplus
10
748 avaliações de viajantes
Pontuações dos visitantes

    Excelente
    584
    Muito bom
    133
    Razoável
    27
    Ruim
    2
    Horrível
    2

748 avaliações filtrar por: Data | Pontuação
Português primeiro
Giuliano S
Colaborador Intermediário
12 avaliações 12 avaliações
5 avaliações de atrações
1 voto útil 1 voto útil
“Ótimo lugar para se visitar”
5 de 5 estrelas Avaliou em Maio 21, 2014 NOVO

Lugar muito bom para se visitar, e descansar, mas tem que estar preparado para caminhadas. Existem muitos passeios de barco, por volta da ilha, que valem a pena
Esta avaliação foi útil? Sim
Ilione
Itabuna, BA
Colaborador Avançado
37 avaliações 37 avaliações
15 avaliações de atrações
8 votos úteis 8 votos úteis
“Lindo de morrer!!!”
5 de 5 estrelas Avaliou em Maio 21, 2014 NOVO

Conheço o Morro de São Paulo a cerca de 30 anos. Lugar super aconchegante com vistas maravilhosas, muitas praias de água cristalina, restaurantes diversos, opções para quem gosta de curtir a noite, passeios de barco e uma vila cheia de lojinhas para quem gosta de comprar. Super-recomendo!
Esta avaliação foi útil? Sim
Helaine D
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
Colaborador Avançado
37 avaliações 37 avaliações
24 avaliações de atrações
21 votos úteis 21 votos úteis
“Paraiso!!”
5 de 5 estrelas Avaliou em Maio 20, 2014 NOVO

Lugar maravilhoso! Vale muito a pena conhecer...seja casal, familia ou solteiro! Uma das mais belas praias da bahia!
Esta avaliação foi útil? Sim
ASC2809
Manaus
Colaborador Intermediário
19 avaliações 19 avaliações
9 avaliações de atrações
16 votos úteis 16 votos úteis
“Lugar de sonhos”
5 de 5 estrelas Avaliou em Maio 20, 2014 NOVO

Gostamos muito das praias, dos passeios de barco, dos restaurantes e bares, das comodidades e acomodações na segunda praia e da alegria contagiante das pessoas. Como só dá pra andar a pé, as subidas dos morros às vezes cansam. mas nada que comprometa a estadia.
Esta avaliação foi útil? Sim
Verônica R
Colaborador Júnior
8 avaliações 8 avaliações
4 avaliações de atrações
“Vontade de ficar...”
5 de 5 estrelas Avaliou em Maio 19, 2014 NOVO

Vá mais saiba que tem que voltar. Se não fosse a dificuldade de acesso, iríamos sempre. Bom para casal, bom para família. Ótimo ambiente e ótima comida.
Esta avaliação foi útil? Sim
Eliana L
São Paulo, SP
Colaborador Avançado
26 avaliações 26 avaliações
13 avaliações de atrações
5 votos úteis 5 votos úteis
“Lindas praias”
4 de 5 estrelas Avaliou em Maio 18, 2014 NOVO

Trabalhoso para chegar, mas vale a pena conhecer! Praias lindas, mas não para banhos de mar e sim para ver as piscinas de corais e caminhar na areia. Não deixe de levar snorkel.A vila é movimentada, com muitas opções de restaurantes e lojinhas.
Esta avaliação foi útil? Sim
Marcio M
Colaborador
4 avaliações 4 avaliações
4 avaliações de atrações
“Morro é lindo”
5 de 5 estrelas Avaliou em Maio 18, 2014 NOVO

Lugar calmo, maravilhoso paradisíaco, com belas prais e a calmo, maravilhoso para descanso, durante o Festival da Primavera oferece uma festa gratuita na praça com vários artistas
Esta avaliação foi útil? Sim
SSP201
Salvador, BA
2 avaliações
“Ferias familiares”
5 de 5 estrelas Avaliou em Maio 18, 2014 NOVO

O lugar é lindo de mais minha familia adorou e tem uma tiroleza...hum, sóm pra quem tem coragem...foram sete dias de muita diversão, musica de qualidade e uma paisagem maravilhosa. O contato direto com a natureza inspira qualquer artista.
Esta avaliação foi útil? Sim
bvasconcelos
Lauro de Freitas, BA
Colaborador Intermediário
11 avaliações 11 avaliações
5 avaliações de atrações
“Morro de Saudades... Morro de Amores”
5 de 5 estrelas Avaliou em Maio 17, 2014 NOVO

O lugar é lindo! com toda infraestrutura! Impossível não retornar... Neste paraíso você pode chegar tanto de avião quanto de catamarã. Se o existe paraíso... ele é localizado em Morro de São Paulo. As praias são maravilhosas
Esta avaliação foi útil? Sim
silviacristal
Marília, SP
Colaborador Intermediário
11 avaliações 11 avaliações
5 avaliações de atrações
2 votos úteis 2 votos úteis
“maravilhoso”
5 de 5 estrelas Avaliou em Maio 17, 2014 NOVO

Morro de São Paulo é um lugar maravilhosoooo. Praias lindas, quando a maré baixa forma piscinas naturais cheia de peixinhos principalmente na 3ª praia. A noite na orla da 2ª praia os restaurantes apresentam música ao vivo, tem barraquinhas de frutas onde fazem caipirinhas na própria fruta (uma delícia, rs) O centrinho uma graça: cheio de lojinhas e restaurantes maravilhosos.... Mais
Esta avaliação foi útil? Sim
1-10 de 748 avaliações
« 1 2 ... 75 »
Os viajantes que viram Destino Morro de São Paulo, também viram
Quarta praia
Quarta praia
4,5 de 5 estrelas 611 Avaliações
Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
Segunda praia
Segunda praia
4,5 de 5 estrelas 750 Avaliações
Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
 
Praia de Gamboa
Praia de Gamboa
4,5 de 5 estrelas 386 Avaliações
Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
Terceira praia
Terceira praia
4 de 5 estrelas 281 Avaliações
Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
 
Coisas a fazer em Morro de São Paulo (22)

Já esteve em Destino Morro de São Paulo? Compartilhe suas experiências!
    Faça sua avaliação Adicionar fotos

Proprietários: qual é o seu lado da história?

Se você é proprietário ou gerencia Destino Morro de São Paulo, cadastre-se agora para ter acesso às ferramentas de marketing gratuitas para aprimorar o seu perfil, receber novas avaliações e responder aos seus clientes.
Gerenciar seu perfil
Vistos recentemente...

    Hotéis
    Restaurantes
    Pontos turísticos

Hotéis que você já viu

    Hotel Praia do Encanto
    Hotel Praia do Encanto
    Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
    3,5 de 5 estrelas
    29 Avaliações
    Pousada Nova Esperança
    Pousada Nova Esperança
    Raposo, RJ
    5 de 5 estrelas
    4 Avaliações
    Pousada Primeira Praia
    Pousada Primeira Praia
    Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
    4 de 5 estrelas
    30 Avaliações

Os viajantes que viram esses hotéis, também viram...
Karapitangui Praia Hotel
Mostrar preços
Karapitangui Praia Hotel
Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
4,5 de 5 estrelas
118 Avaliações
Pousada Aquarela
Mostrar preços
Pousada Aquarela
Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
5 de 5 estrelas
134 Avaliações
Villa Dos Corais Pousada
Mostrar preços
Villa Dos Corais Pousada
Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
4,5 de 5 estrelas
217 Avaliações
Hotéis próximos a Destino Morro de São Paulo

    Solar Das Artes Pousada Boutique - Morro
    4 de 5 estrelas 47 Avaliações
    Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
    0.1 km de Destino Morro de São Paulo
    Show Prices
    Solar Das Artes Pousada Boutique - Morro
    Pousada Farol do Morro
    4 de 5 estrelas 61 Avaliações
    Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
    0.3 km de Destino Morro de São Paulo
    Show Prices
    Pousada Farol do Morro
    Patachocas Beach Resort
    4,5 de 5 estrelas 227 Avaliações
    Morro de São Paulo, Ilha de Tinharé
    0.5 km de Destino Morro de São Paulo
    Show Prices
    Patachocas Beach Resort

Hotéis próximos a Destino Morro de São Paulo

Procurar nas proximidades
    O que fazer (22) | Hotéis (24) | Restaurantes (68)
    Mapa interativo

Dúvidas sobre Morro de São Paulo?
Tire suas dúvidas em 24 horas*

    Assunto
    Sua pergunta

Tópicos recentes

    Ida de Catamarã
    Morro de São Paulo- Julho 2014
    como chegar?

Todos os tópicos
*Sujeito às condições
Quais hotéis em Morro de São Paulo estão em promoção?
dd/mm/aaaa dd/mm/aaaa
Ver hotéis
Links patrocinados *
Atrações mais procuradas em Morro de São Paulo

    Quarta praia
    Segunda praia
    Praia Quinta Praia (do Encanto)
    Praia de Gamboa
    Praia Guarapuá
    Praia do Encanto
    Farol do Morro
    Praia Garapua
    Igreja Da Nossa Senhora Da Luz
    Terceira praia
    Praia do Pontal
    Observação de Baleias
    Primeira praia
    Clube de Vela Morro de São Paulo
    Ruínas da Fortaleza do Tapirandu
    Praia Pratigi
    Ilha Do Caitá
    Fonte Grande
    Praia Porto De Cima

Hotéis nos arredores de Morro de São Paulo

    Solar Das Artes Pousada Boutique - Morro
    4,0 de 5, 47 avaliações
    Última avaliação: Maio 22, 2014
    Solar Das Artes Pousada Boutique - Morro
    Pousada Escorregue No Reggae
    4,0 de 5, 26 avaliações
    Última avaliação: Maio 19, 2014
    Pousada Escorregue No Reggae
    Villa-Bahia Apartments
    5,0 de 5, 113 avaliações
    Última avaliação: Maio 19, 2014
    Villa-Bahia Apartments
    Hotel Pousada Ilha da Saudade
    4,0 de 5, 39 avaliações
    Última avaliação: Maio 18, 2014
    Hotel Pousada Ilha da Saudade
    Pousada Bahia Brasil
    4,5 de 5, 125 avaliações
    Última avaliação: Maio 17, 2014
    Pousada Bahia Brasil
    Pousada Aquarela
    5,0 de 5, 134 avaliações
    Última avaliação: Maio 13, 2014
    Pousada Aquarela
    Pousada O Casarão
    3,0 de 5, 45 avaliações
    Última avaliação: Maio 12, 2014
    Pousada O Casarão
    Hotel Pousada Natureza
    4,5 de 5, 119 avaliações
    Última avaliação: Maio 9, 2014
    Hotel Pousada Natureza
    Pousada Farol do Morro
    4,0 de 5, 61 avaliações
    Última avaliação: Maio 8, 2014
    Pousada Farol do Morro
    Pousada Vista Bela
    4,5 de 5, 80 avaliações
    Última avaliação: Maio 8, 2014
    Pousada Vista Bela
    Hotel Village Paraíso Tropical
    4,0 de 5, 82 avaliações
    Última avaliação: Abril 30, 2014
    Hotel Village Paraíso Tropical
    Hotel Praia do Encanto
    3,5 de 5, 29 avaliações
    Última avaliação: Abril 25, 2014
    Hotel Praia do Encanto
    Pousada Primeira Praia
    4,0 de 5, 30 avaliações
    Última avaliação: Abril 22, 2014
    Pousada Primeira Praia
    Pousada Grauca
    3,5 de 5, 20 avaliações
    Última avaliação: Abril 3, 2014
    Pousada Grauca
    Espaço Funny
    4,0 de 5, 18 avaliações
    Última avaliação: Março 11, 2014
    Espaço Funny

Recursos em Morro de São Paulo

    Pousada em Morro de São Paulo
    Mapas de Morro de São Paulo
    Hotéis próximos a Destino Morro de São Paulo


praça
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino. yet Categories: Bahia, Brasil, Morro de São Paulo, Uncategorized Tags: Bahia, Brasil, Morro de São Paulo, Turismo

A vila Morro de São Paulo nasceu em 1535, no norte da ilha de Tinharé, situada no litoral sul da Bahia, região conhecida como Tabuleiro Valenciano ou ainda Costa do Dendê. A importância geográfica da ilha durante o período colonial justifica a riqueza de monumentos históricos, hoje protegidos pelo Patrimônio Histórico Nacional.

Morro de São Paulo é uma antiga vila de pescadores, daqueles paraísos que pouco a pouco foi sendo descoberto pelo turismo, onde convivem lado a lado, em meio a natureza belíssima, as pequenas e humildes casinhas dos nativos com sofisticados bares, restaurantes e hotéis. A beleza do lugar atrai milhares de turistas todos os anos , não só do Brasil como também da Europa, que chegam em busca da beleza e tranquilidade de suas águas e piscinas naturais.

As praias de Morro de São Paulo de Norte para o Sul , são denominadas de Primeira, Segunda, Terceira e Quarta Praia e mais ao Sul encontramos as praias de Guarapuá e da Barra.
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
O mar de águas claras e abrigadas, apresenta ótimas condições para o mergulho, sendo que os melhores locais são Tati-Mirim e Tatiba. Você pode alugar barcos em Morro de São Paulo para conhecer estes paraísos submarinos.

A vila do Morro de São Paulo possui apenas 2 ruas principais, onde concentram todo o agito da noite, e também onde ficam a maioria dos estabelecimentos comerciais,como restaurantes e lojas.

Outra atração de Morro que vale uma visita é a feira de artesanato da praça principal, onde pode-se encontrar pratas, bijuterias coloridas, roupas artesanais e trabalhos com materiais reciclados. As lojas da rua principal oferecem souvenirs de Morro de São Paulo, roupas e acessórios para praia e também objetos de decoração e artesanato.

comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
Informações Úteis
Como Chegar

A partir de Salvador, as duas principais opções são pelo mar em lanchas seguras, com embarque no Terminal Marítimo ao lado do Mercado Modelo, na Cidade Baixa, e desembarque no Terminal Marítimo de Morro de São Paulo, com duração média de 4 horas; ou via ferry-boat, atravessando a Baía de Todos os Santos , daí em diante, pela BA-001, passando por Nazaré das Farinhas até alcançar a cidade de Valença, num percurso total de 98 Km. Para quem vem do Sul do País, o acesso é pela BR-101.

Em Valença, no porto, é preciso tomar outra embarcação que leva ao Morro - 10 milhas náuticas - numa viagem que dura em média 1 hora, em linha regular, ou 30 minutos em lancha rápida.

De avião: O aeroporto mais perto de Morro de São Paulo fica em Salvador, de onde partem vôos diários feitos pelos aviões Minuano (monomotor) e Navajo (bimotor), duração cerca de 18 minutos.
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
Quando ir: qualquer época do ano.

O Que levar: Protetor solar, um tênis para caminhadas e uma máquina fotográfica.

Localização: Estado da Bahia, ao Sul de Salvador, na chamada Costa do Cacau.

Distâncias: São Paulo: 1690 Km, Rio de Janeiro: 1370 Km,

Salvador: 272 Km,

Ilhéus: 190 Km

DDD: (075)

Informações sobre o estado da Bahia - BA
Fonte: IBGE

Capital: Salvador
População - (contagem 1996): 12.541.675
Área absoluta (Km2) - 1996: 567.295,3
Pontos mais altos:
topônimo: Serra do Barbado
localização: Serra do Barbado
altitude(m): 2.033,3
Habitante: Baiano
Clima: Tropical
Número de municípios existentes - 1997: 415
Localização geográfica (da Capital):
latitude: -12o58%3916"
longitude: -38o30%3939"
Como Chegar?
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
A partir de Salvador, as duas principais opções são pelo mar em lanchas seguras, com embarque no Terminal Marítimo ao lado do Mercado Modelo, na Cidade Baixa, e desembarque no Terminal Marítimo de Morro de São Paulo, com duração média de 4 horas; ou via ferry-boat, atravessando a Baía de Todos os Santos , daí em diante, pela BA-001, passando por Nazaré das Farinhas até alcançar a cidade de Valença, num percurso total de 98 Km. Para quem vem do Sul do País, o acesso é pela BR-101.

Em Valença, no porto, é preciso tomar outra embarcação que leva ao Morro - 10 milhas náuticas - numa viagem que dura em média 1 hora, em linha regular, ou 30 minutos em lancha rápida.

De avião: O aeroporto mais perto de Morro de São Paulo fica em Salvador, de onde partem vôos diários feitos pelos aviões Minuano (monomotor) e Navajo (bimotor), duração cerca de 18 minutos.
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
Quando ir: qualquer época do ano.

O Que levar: Protetor solar, um tênis para caminhadas e uma máquina fotográfica.

Localização: Estado da Bahia, ao Sul de Salvador, na chamada Costa do Cacau.

Distâncias: São Paulo: 1690 Km, Rio de Janeiro: 1370 Km, Salvador: 272 Km, Ilhéus: 190 Km

DDD: (075)
Dicas do Viajante
Se você já visitou este atratativo e sabe de alguma dica útil, compartilhe com outros leitores e concorra a prêmios do Guia de Praias, além de estar contribuindo para que os outros também possam compartilhar boas experiências com você.
estrela estrela estrela estrela estrelaMORRO SÃO PAULO - BA
Minha Foto "Levem um graninha razóavel, pois os preços lá são salgadinhos, por exemplo uma cerveja em ja.2012, custo 6,60 ou mais tudo e muito bom e sõ ter uma graninha no bolso.
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
Boa viagem." enviada por Amália
estrela estrela estrela estrela estrelaQuarta praia
Minha Foto "é a melhor praia da ilha, a água pela manhã é transparente, a tarde é azul clara LINDA, o mar é calmissímo, minha dica: entrar no mar e se sentar apreciando a vista." enviada por Barbara

estrela estrela estrela estrelaAquarios!
Minha Foto "Minha dica é aproveitar as piscinas naturais na 3° praia quando a maré está baixa, pela manhã, onde vc pode ver os peixinhos caminhando... :)" enviada por Mônica
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
estrela estrela estrela estrela estrelaMorro com Laura !
Minha Foto "Olá!
Resido parte do ano no litoral norte da Bahia porém conheço todo seu litoral exuberante e impressionante! Quando estou na Bahia procuro visitar Morro de São Paulo uma vez por mês pois é um dos locais que mais gosto no mundo.
Primeiramente gostraia de dizer que Morro consegue satisfazer os mais variados gostos possíveis e agradar os mais diferentes tipos de pessoas das mais variadas idades.
A vile localiza-se na ponta norte da Ilha de Tinharé e como colocado no texto acima temos a 1ª, 2ª, 3ª e 4ª praia, sendo esta última a maior e a mais tranquila. Todas possuem piscinas naturais quando a maré baixa porém é na 4ª a maior concentração das mesmas.
Este é o lado leste da Vila, no lado oeste podemos encontrar a Praia de Porto de Cima, a Praia Rosa e a Praia da Gamboa...estas de rio porém tão agradáveis quanto ás do lado leste, inclusive onde se pode aproveitar o últimos raios de sol.
Entre as atrações naturais da Vila não estão apenas as praias mas também o forte, a subida ao farol (onde se têm as melhores vistas da vila), o morro da Mangaba, a Fonte Grande, o Teatro e trilhas ecológicas perto do Zimbo e Cachoeira da Fonte do Céu (cuidado neste lugar).
A vida noturna é agitadíssima e pode-se apenas ficar experimentando os mais variodos coquetéis de frutas típicas na praia 2 ou então entrar em uma das discos que lá existem (atualmente são 3).
O acesso pela cidade de Salvador pode ser feito por Catamarã, a partir da Marina em frente ao Mercado Modelo (cidade baixa), que leva em média 120 minutos e custa R$80,00 (o trecho).
Pode também ser feito por terra com o seguinte trajeto:
Ferry Boat do porto até Bom Despacho na Ilha de Itaparica (50 min, R$ 3,50)
Catamaran da Marina até Mar Grande na Ilha de Itaparica (30 min, R$ 3,80)
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
Da Ilha ônibus com destino a Valença ( 120 min, R$ 14,50)
Deve-se descer na BR-101 no entroncamento para Guaibim, em frente ao posto dePolícia Rodoviária, antes da cidade de Valença, solicitar ao motorista.

Pegar ônibus na estrada que vai a Guaibim mas com destino ao ATRACADOURO DO BOM JARDIM (15 min, R$ 7,50 com o barco posterior incluso)

Então, após uma taxa de R$ 1,50, pegar o barco para Morro (30 min) com parada antes em Gamboa.

Este trajeto todo pode demorar de 3h e 15 min até 5 horas, a depender do dia, disponibilidade de transportes e sorte!

Pode-se também ir de avião bimotor a partir do aeroporto internacional Luis Eduardo Magalhães (40 min, R$ 250,00 o trecho).

Mas não importando de que maneira se vá, importante é chegar em Morro, esquecer da vida fora daquele paraíso e aproveitar muito sem se preocupar com imagem, títulos ou posses pois a idéia +e que lá todos são iguais, a começar pelo fato de que não existem automóveis (salvo raras exceções para policiamento ou transporte) então todos obrigatoriamente devem estar preparados para literalmente colocar os pés no chão!
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
Recomenda-se sempre ter uma garrafa de água em mãos e preparar-se também para os preços dos bens de consumo, sempre mais altos que o normal por se tratar de uma ilha. Se quiserem conhecer alguém que certamente vai passar as melhores informações da Ilha, da cultura e da história do local procurem meu irmão "RASTA", proprietário da Pousada "Escorregue no Reggae", certo que se encantarão com sua receptividade e alegria!
Ilha Grande ou Morro de São Paulo? Mais uma batalha de destinos!
Ilha Grande ou Morro de São Paulo? Mais uma batalha de destinos!

De beleza única, Morro de São Paulo e Ilha Grande são muito diferentes, mas têm muita coisa em comum também. Saiba mais!
Belas praias, lindas paisagens são os pontos em comum entre Morro de São Paulo e Ilha Grande. No entanto, cada um destes destinos possui particularidades incríveis, cativando um tipo de turista muito diferente. Qual será que você prefere? O encanto cultural de Morro de São Paulo ou as possibilidades de aventura em Ilha Grande?

Difícil escolher entre dois destinos tão parecidos e ao mesmo tempo tão distintos. Para ajudar você a tomar a decisão certa, vamos falar um pouco sobre os encantos de Ilha Grande e a magia do Morro de São Paulo. Dá só uma olhada!

comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino. Morro de São Paulo

O litoral baiano é um dos mais bonitos do país e, muito provável, do planeta. A agitação de algumas praias e a tranquilidade de outras são responsáveis pela sensação de visitar dois mundos em uma mesma região. No segundo cenário, se enquadra Morro de São Paulo, um destino surpreendente a cada nova visita. Com agenda cultural bastante movimentada e já tradicional, as noites de quarta-feira são as principais responsáveis por reunir turistas e moradores locais em uma verdadeira festa.

Uma vez por semana, pontualmente às 21 horas, o teatro da cidade abre suas portas e tem seu palco invadido pelos maiores artistas de região. A plateia, além de acompanhar o espetáculo, é convidada para participar da festa que acontece depois da meia noite e não tem hora para acabar. Embalados por músicas tradicionais e danças típicas, os turistas vivem um momento mágico em meio ao cenário que fica ainda mais bonito durante a noite.
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino. Morro de São Paulo
Como o Morro pertence ao município de Cairú, segunda cidade mais antiga do Brasil, o que não faltam por lá são construções históricas. A principal delas é o Farol, onde o visitante pode apenas curtir o visual incrível do lugar ou se aventurar em atividades ecoturísticas, como a tirolesa. Na cidade, parte mais afastada do Morro, é possível passear pela Fortaleza de Tapirandu e o Pórtico, que foram erguidos no século 17, para proteger a Bahia das invasões holandesas.

Além destes lugares, vale conhecer a Igreja Nossa Senhora da Luz, o Forte Grande e o Casarão conhecido como uma das moradias da região - sua construção data de 1608.

Agora, se a ideia for curtir a paisagem, de um jeito mais intimista, nada melhor que mergulhar e passear entre as belas praias da região. São cinco praias, todas igualmente belas, mas cada uma com suas particularidades, capazes de agradar tanto os mais aventureiros quanto os mais reservados. Independente de qual seja a sua praia, Morro de São Paulo tem um lugar certo para você!
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino. Morro de São Paulo
Como chegar

Para chegar ao Morro de São Paulo, existem duas portas de entrada: o Aeroporto de Salvador e a cidade de Valença. Na capital baiana, há empresas especializadas que oferecem o translado até a ilha. As opções incluem táxi aéreo, lancha e barca.

Na segunda possibilidade, será necessário partir de Salvador rumo a Valença (290 km). Neste caso, será possível ir de ônibus rodoviário ou alugar um carro para fazer o trajeto por conta própria. Em Valença, lanchas e barcos partem ao longo do dia do porto da cidade em direção ao Morro de São Paulo.
comments - Cada dia uma nova viagem, um novo destino. Morro de São Paulo
Ilha Grande

Para se destacar em meio aos belos encantos de Angra dos Reis, só com muita grandiosidade mesmo. E é assim mesmo que Ilha Grande consegue seu lugar ao sol, quando o assunto é turismo em um dos lugares mais bonitos do mundo. Mas, não é só de tamanho que a região vive.

O lugar é o refúgio perfeito para os apaixonados por natureza, agradando principalmente os que gostam de aproveitar a paisagem para se aventurar. Suas mais de 30 praias podem ser exploradas de diversas maneiras: seja mergulhando, passeando de lancha ou escuna ou apenas pegando sol na areia.

A mais bonita é a Praia Lopes Mendes, onde a areia fina e clara recebe o contraste perfeito graças aos tons verdes e azuis da água cristalina. Com tamanha exuberância, não é à toa o fato desta ser também a praia mais procurada pelos turistas. Nos seus trechos mais tranquilos, na parte esquerda, a água calma é a oportunidade perfeita para mergulhar de snorkel. Mais afastada, a Praia da Feiticeira e Iguaçu tem um cenário composto por enormes rochas e serve de acesso para a Cachoeira da Feiticeira.

Para os mais aventureiros, o Pico do Papagaio é parada obrigatória. No topo da montanha que tem mais 980 metros de altura, é possível avistar toda a ilha, visão capaz de tirar o fôlego de qualquer um. Falando em fôlego, este é o elemento principal para encarar o desafio de percorrer a trilha de 9 km em mata fechada, sem sinalização. Por isso, o mais indicado é contar com a ajuda de um guia - a sugestão vale inclusive para os mais experientes.

Como chegar

Partindo do Rio de Janeiro, ônibus e vans inter-estaduais são os melhores meios de transporte para chegar a Angra dos Reis. Uma vez na cidade, basta pegar uma das barcas que dão acesso a Ilha Grande. Outra possibilidade é contratar o táxi aéreo no aeroporto do Rio de Janeiro, já que Angra conta com um pequeno aeroporto para receber este tipo de voo.

E então, consegui se decidir? Na dúvida, que tal visitar os dois lugares? Reserve suas passagens áereas e encontre bons hotéis. Seja em Ilha Grande, seja em Morro de São Paulo, uma coisa é certa: não haverá arrependimento pela escolha!


Destino #22: Bonito, Mato Grosso do Sul
Posted on January 22, 2014, 12:00 am By 1 Destino por dia

bonito

“Bonito, é lindo!”

Na Serra da Bodoquena, fronteira com o Pantanal, cachoeiras e lagos criam uma ambientação com apelo ecológico irresistível. Uma estrutura geológica composta basicamente de rocha calcária, cavernas e grutas esculpidas ao longo do tempo guardam em suas entranhas águas cristalinas que convidam a deixar o corpo flutuar, observando o colorido dos peixes e da vegetação nativa. Tamanho atrativo leva em média 210 mil turistas por ano a Bonito e, o melhor, sem que isso represente um perigo para o delicado ecossistema.

Um controle rígido garante um limite de visitantes por vez nas atrações e, por tabela, a preservação do lugar. Esse epicentro do ecoturismo nacional exibe ainda o Abismo Anhumas, a maior caverna submersa do mundo. No trajeto, a luz do sol vai pontuando as estalactites dos paredões e atinge as águas cristalinas do lago azul-turquesa lá no fundão. Outros pontos altos de Bonito são a Cachoeira Boca da Onça e a Gruta do Lago Azul: enquanto se desce por ela, a luz vai diminuindo e você segue prestando atenção nos cheiros, nas vozes que ecoam, nas diferentes imagens das formações calcárias… Parece irreal. Mas não pense que crianças e idosos precisam ficar de fora do caprichoso espetáculo de Bonito. Há trilhas de caminhada curta e bela e a tão esperada flutuação no Rio da Prata (que começa na vizinha Jardim) e no Rio Sucuri, nas quais a correnteza leva seu corpo deixando a você o único trabalho de respirar calmamente pelo snorkel e deslizar ao lado de uma quantidade impressionante de peixes que colorem as águas transparentes. Pode ter certeza de que essa  atmosfera vai ficar em sua mente para sempre.

gruta

bonito2

COMO CHEGAR

Os voos de São Paulo e do rio de Janeiro aterrissam no aeroporto de Bonito às quintas e domingos (o trajeto, com escala em Campo Grande, é feito por uma única companhia, a Trip, www.voetrip.com.br). de lá, o táxi até o Centro custa R$ 40, em média. também é possível chegar por campo Grande numa viagem de cinco horas em ônibus (R$ 57, Viação Cruzeiro do Sul, 3321-8797). De carro, são quase 300 km de estrada em bom estado e bem-sinalizada, que começa na BR-060, saindo do aeroporto de campo Grande.

COMO CIRCULAR

A maioria das atrações está distante do centro e, por isso, a melhor maneira de se locomover é a bordo de um carro (as locadoras mais próximas ficam em Campo Grande). Quem prefere se manter longe do volante pode aderir ao chamado “transporte compartilhado”. O sistema funciona assim: as agênciasde turismo fecham programações diárias para as atrações e levam os visitantes em vans (a diária média sai a R$ 40 por pessoa). Do Centro, é possível ir a pé a restaurantes, bares e ao aquário de Bonito.

ONDE FICAR

Bonito tem 20 mil habitantes e mais de 80 pousadas e hotéis, segundo a Secretaria de Turismo. O GUIA QUATRO RODAS BRASIL 2013 selecionou as melhores em cada categoria, de albergues a pousadas confortáveis. E descobriu dois perfis: há os que apostam em uma área social reduzida, quartos simples e a localização central — próximos à rua principal, a Avenida Pilad Rebuá, que concentra bares e restaurantes. E outros usam o terreno de antigas fazendas e investem nas áreas de lazer — caso do Cabanas e do Santa Esmeralda, ambos à beira do Rio Formoso.

hotel-em-bonito-mato-grosso-do-sul-2

ONDE COMER

Eles estão lá, em todos os cardápios e sobre todas as mesas — fritos ou assados, inteiros ou em postas. “Eles” são os peixes mais famosos do Pantanal, como piraputanga, pacu, dourado e pintado, preparados com molho de urucum ou apenas acompanhados por arroz branco e pirão. Prove as receitas da Casa do João ou do Cantinho do Peixe. Para experimentar carnes exóticas, como jacaré, cateto ou capivara, vá aoCastellabate.

SUGESTÃO DE ROTEIROS

3 dias – Com pouco tempo, o mais importante é conhecer apenas as atrações consideradas “obrigatórias” e apostar nos passeios que ficam mais próximos da cidade, como a flutuação no Rio Sucuri, repleto de pacus, dourados e piraputangas. A Gruta do Lago Azul, com água cristalina, fica na mesma estrada e também é um dos principais símbolos de Bonito.

5 dias – É hora de alçar voos mais longos. Em Jardim, a pouco mais de 50 km, estão três da melhores atividades de ecoturismo na região: a flutuação no Rio de Prata, atração cinco estrelas, a Lagoa Misteriosa, que voltou a operar no final de 2011, e o Buraco das Araras, uma dolina causada pela erosão, de 105 metros de profundidade, repleta de ninhos de araras-vermelhas. Na estrada para Bodoquena, sentido Pantanal Sul, a Cachoeira Boca da Onça, tem a plataforma de rapel mais alta do Brasil e outras dez quedas d’água.

araras

7 dias – Não é necessário correr de um lado para outro com uma semana de estadia. Por isso, programe-se para fazer tudo com calma, aproveitando lugares mais contemplativos, como o Balneário do Sol, com piscina natural e tirolesa, e a Fazenda Ceita-Corê, onde servem um excelente almoço caseiro no fogão a lenha. Se a vontade é testar algo com mais emoção, a dica são os passeios de boia-cross ou de bote.

QUANDO IR

A época de seca, entre julho e agosto, é a melhor para as flutuações — mas faz frio pelas manhãs, com mínimas abaixo dos quinze graus. Aproveite para acompanhar o Festival de Inverno (julho). Entre dezembro e janeiro, a procura pelos passeios é enorme, o que exige certa programação antecipada.

O QUE LEVAR

Estar bem-preparado é tudo quando se trata de turismo ecológico. Por isso, aqui vão alguns itens essenciais para carregar na mochila durante os passeios: binóculos, câmera fotográfica, papete (melhor opção para trilhas e cachoeiras), água, protetor solar e repelente.
No comments yet Categories: Bonito, Brasil, Mato Grosso do Sul Tags: Bonito, Brasil, Natureza, Preservação, Turismo


Destino #19: Lençóis Maranhenses
Posted on January 19, 2014, 12:00 am By 1 Destino por dia

Por mais que fotos, folhetos de viagem, vídeos caseiros ou documentários profissionais sejam um preparo para o que se vai encontrar nos Lençóis Maranhenses, nada diminui o impacto de estar integrado a essa imensidão de dunas e lagoas. Quem observa esse cenário lá de cima, num voo de monomotor, tem logo uma panorâmica do mosaico de areia e água cor de esmeralda do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

lençois

Entre maio e agosto, as lagoas estão cheias e a paisagem, em plenitude. Em setembro, elas começam a secar. Na última semana de julho, acontece a Vaquejada, com shows folclóricos. Em agosto, estrangeiros desembarcam em peso por lá.

Preparo físico e disposição para longas caminhadas sob sol forte são vantagens competitivas para esquadrinhar dunas, refrescar-se nas lagoas, pernoitar em vilarejos de pescadores – uma aventura que só deve ser encarada, claro, com o auxílio de guias. Para entrar no parque, a opção mais procurada é Barreirinhas, onde ficam resorts abertos há menos de uma década, pousadas e agências que organizam passeios. Mas é possível fazer isso também a partir dos vilarejos de Atins e Caburé, paradas obrigatórias dos passeios de barco pelo Rio Preguiças, a leste do parque, e Santo Amaro do Maranhão, a oeste. Esse último é dos lugares menos explorados, com dunas ainda mais impressionantes e lagoas cristalinas que ainda não são visitadas por grupos numerosos de turistas.

Veja mais detalhes de passeios e atrações em O que fazer em Barreirinhas.

lençois2

A vista clássica

O sobrevoo de monomotor é a única maneira de ver, de cima, toda a extensão do Parque Nacional, com suas lagoas sazonais. Mas vale lembrar: o aeroporto da cidade não é homologado e, consequentemente, o passio não tem como ser regularizado, o que dificulta ainda mais a fiscalização do brevê do piloto.

COMO CHEGAR

Ônibus da empresa Cisne Branco (3243-2847, www.cisnebrancoturismo.com.br) saem diariamente de São Luís para Barreirinhas em quatro horários (6h, 8h45, 14h e 19h30; R$ 28). A BRTur (3236-6056 e 9114-5813) faz o trajeto de van, às 5h e às 8h, e cobra R$ 40 por pessoa, com a conveniência de buscar o clienteno hotel. Se for de carro, utilize a BR-135 e a MA-402 – há sinalização, apesar de algumas placas estarem em más condições.

COMO CIRCULAR

Além de mototáxis, onipresentes nas ruas de Barreirinhas, há táxis a preços acessíveis. Quem se hospeda no Centro pode caminhar até a Avenida Beira-Rio,  que abriga a maioria dos restaurantes e bares. Para conhecer dunas e lagoas, é preciso contratar passeios de jipe.

ONDE FICAR

Boa parte das hospedagens está em Barreirinhas, mas o agito da cidade pode incomodar quem procura por paz. Ali também ficam todas as agências de turismo e o comércio. Para uma imersão completa na natureza, rume para os pontos mais distantes: Atins, Caburé e Santo Amaro. Os municípios são vizinhos a dunas pouco exploradas, mas têm pousadas com estruturas simples — esqueça banhos quentes, caixas eletrônicos, sinal de celular e internet. Novidade: entre 2011 e 2012 foram abertas duas pousadas em Atins, a Cajueiro e a Maresia.

O GUIA QUATRO RODAS BRASIL fez uma seleção de hotéis, pousadas, restaurantes e atrações, divididos de acordo com as quatro cidades/vilas na região dos Lençóis Maranhenses: Atins, Barreirinhas,Caburé e Santo Antônio do Maranhão.

sao luís

ONDE COMER

A Avenida Beira-Rio, em Barreirinhas, concentra os principais estabelecimentos. Fora dali, o Bambaê é uma boa opção. Em Santo Amaro do Maranhão, vale experimentar o camarão-da-malásia, nas pousadas Cajueiro e Água Doce. E não volte de Atins sem provar o camarão do Da Luzia. Em Caburé, coma o robalo da Península do Caburé.
No comments yet Categories: Brasil, Lençóis Maranhenses, Maranhão Tags: Brasil, Lençóis Maranhenses, Maranhão, Nordeste, Turismo


Busca

Facebook

Últimos posts

    Destino #89: Frankfurt
    Destino #88: Dublin
    Destino #87: Valparaíso
    Destino #86: Havana
    Destino #85: Katmandu
    Destino #84: Itacaré
    Destino #83: Punta Cana
    Destino #82: Sevilha
    Destino #81: Copenhaguen
    Destino #80: Amsterdã


Nuvem de destinos
Alagoas Alemanha Améria do Sul América do Norte América do Sul Argentina Austrália Bahia Barcelona Beach Brasil Bélgica Canadá Caribe Chile China Espanha Estados Unidos EUA Europa França Hong Kong Ilha Israel Istambul Itália Japão Jerusalém Los Roques Machu Pichu México Nova Iorque Nova York Oceania Oceano Índico Peru Praia Religião Rio de Janeiro Suíça Turismo Turquia Venezuela África Ásia
Boa Viagem e aproveitem!"

    Facebook
    Twitter
    Vimeo
    Youtube
    Newsletter

HOME DESTINOS ESPECIAIS ENVIE SUAS DICAS E FOTOS CLIMA HOTÉIS E POUSADAS MAPAS WALLPAPERS CADASTRE-SE GUIADEPRAIAS.TV ANUNCIE NO PORTAL
Hoteis e Pousadas no Litoral

    Hoteis e Pousadas em Barreirinhas
    Hoteis e Pousadas em Fernando de Noronha
    Hoteis e Pousadas em Ipojuca
    Hoteis e Pousadas em Paranaguá
    Hoteis e Pousadas em Angra dos Reis
    Hoteis e Pousadas em Armação de Búzios
    Hoteis e Pousadas em Arraial do Cabo
    Hoteis e Pousadas em Niterói
    Hoteis e Pousadas em Parati
    Hoteis e Pousadas em Resende
previous posts
© 2014 Cada dia uma nova viagem, um novo destino.
Back to Top ↑

Imprimir | Enviar por email

© morrodesaopauloonline.com.br - 2017 - Todos os direitos reservados

 

Both the Rolex Datejust II and Rolex Day-Date II replica watches have famously legible and attractive dials. The Rolex Datejust II has baton or Arabic hour numerals while the Day-Day II has baton or Roman numeral hour markers. Aside from style differences it should be noted that the sportier Rolex Datejust II has lume on its dial while the Rolex Day-Date II replica watches dials do not have applied luminant on them (for viewing the dial in the dark). Aside from the Submariner, the Rolex Datejust replica watches uk is probably the second most popular Rolex timepiece, and among the brand's higher-end models, the Rolex Day-Date II replica watches is among the top choices next to fancier versions of the Daytona. Depending on your budget there are lots of versions, and these are great watches to own being classics in their own right and extremely good keepers of value. Complaints? Really not many. Rolex replica watches sale has so many types of watches that there is something for everyone.